Divulgações e Resultados

Dívida e rating

A tabela abaixo apresenta a composição da dívida da Ultrapar em 31/12/2016:

Financiamentos Índice/Moeda1 Encargos Anuais (%)2 Saldo (R$ MM) Vencimento
MOEDA ESTRANGEIRA
Notas no mercado externo5
US$
+5,3
 2.412,1
2026
Financiamento Externo3 US$ + LIBOR +0,7 942,5 2017 a 2018
Financiamento Externo4 US$ +2,1 486,5 2017 a 2018
Financiamento Externo US$ + LIBOR +1,4 332,6 2017 a 2018
Instituições Financeiras US$ + LIBOR +3,0 195,0 2019 a 2021
Adiantamento sobre Contrato de Câmbio US$ +3,0 111,1 < 219 dias
Instituições Financeiras US$ +2,7 109,9 2017
Adiantamento de Cambiais Entregues US$ +2,7 32,6 < 82 dias
Instituições Financeiras MX$ +6,6 24,6 2017
Instituições Financeiras MX$ + TIIE +1,0 9,6 2017
BNDES US$ +6,0 7,1 2017 a 2020
Instituições financeiras Bs$ +24,0 0,4 2017
Total moeda estrangeira 4.663,9  
 
MOEDA NACIONAL
Banco do Brasil pós-fixado CDI 107,4 2.956,5 2017 a 2022
Debêntures IPP CDI 107,1 1.914,5 2017 a 2021
Debêntures - 5ª Emissão CDI 108,3 832,4 2018
BNDES TJLP +2,4 307,6 2017 a 2021
Nota de crédito à exportação pós-fixada CDI 101,5 158,8 2018
BNDES SELIC +2,3 71,4 2017 a 2021
BNDES EXIM TJLP +3,5 62,1 2018
FINEP R$ +4,0 48,7 2017 a 2021
Banco do Nordeste do Brasil R$ +8,5 47,1 2017 a 2021
Arrendamento mercantil financeiro IGPM +5,6 48,6 2017 a 2031
BNDES R$ +5,5 40,3 2017 a 2022
FINEP TJLP +0,9 34,6 2017 a 2023
BNDES EXIM SELIC +3,9 28,1 2018
Arrendamento mercantil financeiro pós-fixado CDI +2,8 0,2 2017
FINAME TJLP +5,7 0,1 2017 a 2022
Arrendamento mercantil financeiro pré-fixado R$ +15,6 0,0 2016 a 2017
Total moeda nacional 6.550,8  
Resultado de instrumento de proteção cambial e de juros 202,4  
Total passivo 11.417,1  

1. Em conformidade com o IAS 39, os custos de transação incorridos na captação de recursos financeiros foram deduzidos do valor do instrumento financeiro contratado.
2. Alguns empréstimos possuem instrumentos de proteção à exposição cambial e à taxa de juros (vide nota explicativa nº 31 das demonstrações financeiras).
3. Para estes empréstimos foram contratados instrumentos de proteção com o objetivo de transformar a taxa de juros fixa para taxa flutuante, correspondente a 102,66% do CDI em média.
4. Para estes empréstimos foram contratados instrumentos de proteção com o objetivo de transformar a taxa de juros fixa para taxa flutuante, correspondente a 100,63% do CDI em média.
5. Em conformidade com o IAS 39, os custos de transação incorridos na captação de recursos financeiros foram deduzidos do valor do instrumento financeiro contratado.

Perfil da Amortização da Dívida

R$ MM Data base: 30/09/2016
Até 1 ano 2.475,6
De 1 a 2 anos 3.203,4
De 2 a 3 anos 1.699,0
De 3 a 4 anos 694,0
De 4 a 5 anos 554,2
Mais de 5 anos 2.791,0
Total 11.417,1

 

Os títulos de mercado de capitais emitidos pela Ultrapar e suas subsidiárias são:

Emissão de notes

Emissora: Ultrapar International S.A.
Principal: US$ 750 milhões
Data da emissão: 06 de outubro de 2016
Vencimento: 06 de outubro de 2026
Remuneração: 5,25% a.a
Pagamento de juros: Semestral

5ª Emissão de Debêntures

Emissora: Ultrapar Participações S.A.
Principal: R$ 0,8 bilhão
Data da emissão: 16 de março de 2015
Vencimento: 16 de março de 2018
Remuneração: 108,25% do CDI
Pagamento de juros: Semestral
Escritura da 5ª Emissão
Relatório do Agente Fiduciário

4ª Emissão de Debêntures

Emissora: Ipiranga Produtos de Petróleo S.A
Principal: R$ 500 milhões
Data da emissão: 25 de maio de 2016
Vencimento: 25 de maio de 2021
Remuneração: 105,00% do CDI
Pagamento de juros: Semestral
Pagamento de principal: Anual, a partir de maio de 2019
Relatório do Agente Fiduciário

2ª Emissão de Debêntures

Emissora: Ipiranga Produtos de Petróleo S.A.
Principal: R$ 800 milhões
Data da emissão: 09 de janeiro de 2014
Vencimento: 20 de dezembro de 2018
Remuneração: 107,90% do CDI
Pagamento de juros: Semestral

1ª Emissão de Debêntures

Emissora: Ipiranga Produtos de Petróleo S.A.
Principal: R$ 600 milhões
Data da emissão: 07 de novembro de 2012
Vencimento: 16 de novembro de 2017
Remuneração: 107,90% do CDI
Pagamento de juros: Semestral
Fato Relevante

 
  • Em Assembleia Geral de Debenturistas, realizada em 13 de março de 2012, foi aprovado o resgate parcial da 3ª Emissão de Debêntures. Os recursos captados com a 4ª emissão foram utilizados para o resgate parcial da 3ª emissão.
  • Em reunião realizada em 25 de fevereiro de 2015, o Conselho de Administração da Ultrapar aprovou a emissão de R$ 800 milhões em debêntures.
  • Para mais informações, acesse nossos demonstrativos financeiros.

O risco de crédito da Ultrapar é classificado como grau de investimento (investment grade) pelas agências Moody’s e Standard & Poor’s, conforme abaixo. As classificações de risco atribuídas à Ultrapar refletem, entre outros fatores, a resiliência dos seus resultados baseada em marcas fortes e posições de liderança, fluxo de caixa relativamente estável, perfil financeiro adequado e gestão prudente e focada em custos.

Escala Global

Agência Rating Perspectiva Data
Standard & Poor's BB+ Negativa 02/17/2016 clique aqui para acessar o documento
Moody's Ba1 Negativa 02/25/2016 clique aqui para acessar o documento

Escala Nacional

Agência Rating Perspectiva Data
Standard & Poor's brAA+ Negativa 02/17/2016 clique aqui para acessar o documento
  • logo extrafarma
  • logo ipiranga
  • logo oxiteno
  • logo ultracargo
  • logo ultragaz

ULTRA © 2017. Todos os direitos reservados -
Termos e Condições
Política de Privacidade