Aquisições

Logística – União Terminais (jun/08)

ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A.

CNPJ Nº 33.256.439/0001-39
COMPANHIA ABERTA

COMUNICADO AO MERCADO

Em complementação ao Fato Relevante e ao Comunicado ao Mercado publicados, respectivamente, em 06 de junho de 2008 e 13 de outubro de 2008, a Ultrapar Participações S.A. (“Ultrapar”), informa que foi concluída nesta data a operação de compra e venda da União Terminais e Armazéns Gerais Ltda. (“União Terminais”), com a aquisição das quotas correspondentes a 100% do capital social da Lexington Participações Ltda. (“Lexington”), pertencentes à Unipar – União das Indústrias Petroquímicas S.A., tudo conforme previsto no Contrato de Compra e Venda de Quotas firmado em 6 de junho de 2008. A Lexington é a sociedade de propósito específico que, em 30 de setembro de 2008, incorporou parcela cindida da União Terminais, tornando-se, por sucessão, titular de quotas representativas de 50% (cinqüenta por cento) do capital social da União/Vopak Armazéns Gerais Ltda. (“União/Vopak”), até então detidas pela União Terminais. A União/Vopak, por sua vez, possui um terminal portuário em Paranaguá (PR) com capacidade de 60 mil metros cúbicos para armazenagem de óleos vegetais e produtos químicos.

A Ultracargo desembolsou, para adquirir a Lexington, o valor final de R$ 22 milhões.

A operação de aquisição da União Terminais, que foi concluída com a transferência da Lexington, constitui investimento relevante para a Ultrapar (conforme parágrafo único do artigo 247 da Lei nº 6.404/76) e será submetida à deliberação da assembléia geral extraordinária, nos termos do artigo 256 da Lei nº 6.404/76. Tendo em vista que até a presente data não foi concluída a avaliação do patrimônio líquido a preços de mercado das empresas adquiridas conforme exigido pelo inciso II, alínea (b) do referido artigo 256, não é, nesse momento, possível determinar se eventuais acionistas dissidentes da deliberação da assembléia que aprovar a operação terão ou não direito de recesso. A Ultrapar informará oportunamente seus acionistas e o mercado em geral sobre a convocação da referida assembléia geral extraordinária e incidência de direito de recesso. Na hipótese da operação ensejar direito de recesso, os acionistas dissidentes que poderão exercer esse direito serão os titulares de ações ordinárias de emissão da Companhia ininterruptamente desde a data de divulgação do Fato Relevante, qual seja, 06 de junho de 2008, inclusive.

Mais informações sobre a União Terminais estão disponíveis no site da Ultrapar (www.ultra.com.br).

São Paulo, 18 de Novembro de 2008

André Covre
Diretor Financeiro e de Relações com Investidores
Ultrapar Participações S.A.

  • logo extrafarma
  • logo ipiranga
  • logo oxiteno
  • logo ultracargo
  • logo ultragaz

ULTRA © 2017. Todos os direitos reservados -
Termos e Condições
Política de Privacidade